Devaneio Breve

Ainda a pouco eu estava imaginando uma história, uma baboseirinha qualquer que eu poderia muito bem transformar em texto, salpicar alguns floreios, ponderar umas vírgulas e parágrafos e - no fim - me sentir satisfeito por ter escrevido algo. Me enganando assim, mentindo pra mim ao dizer que estaria escrevendo, quando na verdade daria continuidade à mais um clichê tolo daqueles que se sentem escritores.

Eu não me sinto escritor.

Pensei numa história feliz, uma em que havia um casal num lugar em que ninguém mais havia, tão somente os dois, à beira de uma praia, vivendo um dia incrível, único e somente dos dois. O que me faz lembrar de uma cena, uma das últimas de Inteligência Artificial onde o robô garoto passa um único e último dia com quem - eu presumo - mais amava, a mãe. Lindo isso, humano, frágil, fresco e boiola, bonito de qualquer forma.

Cheguei a começar algumas linhas, ia descrever o quão imbecilizado e feliz ele ficava por estar vivendo aquele dia, do lado dela. Um dia único, curando ao poucos uma melancolia que com ele já caminhava por um certo tempo. Seria lindo, isso - é claro - se eu tivesse as habilidades necessárias pra descrever um dia assim, em todas as suas pormenoridades e sutilezas, sendo capaz de transmitir a gigante sensação do mais próximo que ele - esse dito personagem - já chegou de ser feliz.

Não sei muito bem ao certo o motivo, mas resolvi não escrever sobre isso. Talvez eu não soubesse como, talvez simplesmente fosse algo fora de propósito e tom.

Comecei a pensar nisso, me pareceu extremamente tentador viver um dia assim, um dia inteiro. No meio do mato, numa praia, ou num apartamento, preparando qualquer porcaria pra comer, assistir algum filme, beber algo. Do nada essas coisas de gente feliz começaram a me atrair, comecei a querer isso.

Acho que isso tudo deve ser frescura minha, é... deve ser isso mesmo.

Licença Creative Commons

Este blog é licenciado com a Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir o conteúdo aqui encontrado, mas não pode vendê-lo ou alterá-lo.