Welcome To These Strange New Days, Stranger

Diante desse novo ano, e diante das tradicionais promessas, planejamentos e reavaliações eu também acabei por pensar, ainda que apenas um pouco, em determinadas coisas sobre a minha vida. Não chegou a ser uma reflexão bem introspectiva, cheia de dramaticidade e autoavaliação. Na verdade foram pensamentos cheios de simplicidade.

Pois estes meus simples pensamentos acabam por se resumir ao fato de que decidi me dedicar a novas atividades, e melhorar nas antigas. Escreverei mais, na verdade, já defini um novo período de publicação neste lugar: passarei a publicar qualquer coisa por aqui semanalmente, faça chuva ou sol. Decidi também que colecionarei CD's e livros.

Esta decisão, a de comprar CD's, veio após a minha mais nova aquisição literária que foi o livro Heavy Metal: A História Completa. Conforme iniciava a lêr as bem informativas e ilustradas páginas deste livro, ficava mais empolgado com o gigantismo musical que é e que foi o Heavy Metal, acabando por perceber que aquilo que hoje chega aos meus ouvidos é fruto de um colossal processo histórico que mudou o panorama cultural do mundo nas últimas quatro décadas.

O livro me fez conhecer novas bandas, valorizar as que já conheço e me fez possuir o enorme desejo de consumir material palpável desse gênero. Com isso, comprei aquele que é o primeiro CD que venho a comprar nesta minha jovem vida: Painkiller, do Judas Priest. E logo após esse comprei Nostradamus, também do Priest.

A decisão de escrever - mais - deriva da minha necessidade de compartilhar coisas sobre mim, da vontade que eu tenho de conversar sobre o que acontece no meu cotidiano. Além de que eu acho interessante registrar a minha vida por escrito, bem como registrar variadas idéias que me possam surgir à cabeça. Quem sabe um dia eu não acabe por escrever uma poesia? Pouquíssimo provável.

Já a decisão de colecionar livros deriva-se do fato de que tenho prazer em vê-los na minha estante (uma parte do guarda-roupas que dediquei aos livros), além de outro fator mais forte que este: quanto mais eu leio, mais eu quero lêr. E isso tudo culmina na minha recente vontade de consumir literatura e por fim, produzí-la. E nisto reside um certo problema: não sou bom em produzir literatura, digo, escrever. E isto acaba transformando o plano das publicações semanais em um verdadeiro desafio, mas assim já o decidi e assim o será.

"You've got desire, so let it out! You've got the power, stand up and shout!"
- Ronnie James Dio.

Licença Creative Commons

Este blog é licenciado com a Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir o conteúdo aqui encontrado, mas não pode vendê-lo ou alterá-lo.