Férias

Imaginei que passaria as férias por aqui, afogado em livros e possivelmente saindo pra algum ocasional passeio. Nisto, acabei por pegar uns livros na universidade: uma autobiografia de um "famoso" matemático e um outro sobre uma linguagem de programação em particular.

O primeiro livro, a autobiografia, está em inglês, um idioma que não domino e que me força a utilizar meu particular sistema de aprendizado, o Método da Exaustão. Que consiste basicamente em ler - aos trancos e barrancos -, anotar as dúvidas - algumas palavras obscuras, como "full-fledged" -, saná-las n'algum dicionário ou com alguém que conheça o idioma e prosseguir lendo.

Mas os planos mudaram, viajo domingo de volta à família e amigos. Os livros irão, naturalmente, mas a leitura não será mais aquele solitário afogamento suposto a princípio. Terei outras belas atividades - minha empolgação e ansiedade são claras, mas sei que as ditas atividades não serão tão "belas" assim. Mas tal como a fome tempera a comida a saudade embeleza a companhia dos que fazem falta.

Também leio O Senhor dos Anéis, extenso, mas capaz de me afundar num interessante mundo novo e me deixar passeando por lá durante agradáveis horas. E como a saudade tem sido maior estes dias, me faz recordar as sessões de RPG com os amigos. Enfim, este Julho de 2011 se apresenta um promissor mês.
Licença Creative Commons

Este blog é licenciado com a Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Você pode reproduzir o conteúdo aqui encontrado, mas não pode vendê-lo ou alterá-lo.